quarta-feira, 22 de julho de 2009

Roubaram Parte da minha estória

Nós trabalhamos porque temos sonhos de conquistas, pode ser umas conquistas pessoais, profissionais e até mesmo para conquistar alguma bobagem qualquer, mas independente do objetivo, eu acordo as 4:40 da manhã, saio para trabalhar as 05:10 sempre correndo com minha velha e pratica mochila verde, aquela que comprei com $$ suado mais um extra que minha mamis me deu há 8 anos atrás foi mais ou menos no final de julho, adiantamento de presente de aniversário (o ultimo niver que passou comigo), aquela mochila participou de uma parte difícil e muito importante de minha vida, participou tb de bons momentos, era com ela que estava qd marquei a data do meu casamento, foi nela que carreguei td de mais importante dos últimos anos, ela viajou por alguns continentes, e em cada comprei um objeto de uso pessoal tds estavam dentro de um nécessaire, ali tinha um pedaço de Paris, um pedaço de Cancun, boa parte do nordeste Brasileiro, América do norte, América latina etc, dentro dessa mochila estavam as contas da nova casa, da casa velha, as chaves da casa nova, velha e até da sogra, aquele celular que tanto sonhei e ganhei no niver do ano passado, aquele brilho (presente da minha chefe niver de 2007) 2 Pen drives um de caráter pessoal contendo tds os preparativos do meu casamento e as minhas fotos, outro com minha tese, projetos de trabalho aquela mochila carregava os meus sonhos expressos em minha agenda, os meus cartões, os meus documentos mas no dia 20/07/2009 as 05:59 da manha após 2 minutos do meu marido sair do carro eu fiquei mas n sozinha aquele rapaz aparência saudável, bem vestido acompanhado de uma arma apontada para mim me fez descer e tomou aquela mochila, mais nosso carro e tds as minhas esperanças de que o ser Humano não era aquele ser desprezível que tds falavam. Hoje as 05:59 perdi GAD só coisas materias mas n consigo deixar de me sentir, nua sem identidade pq uma parte da minha história de vida estava ali naquela mochila... e ELE deve ter descartado 99% das coisas que tinham ali pq para ELE aquilo era futilidades sem utilidades, enquanto batalhei para ter coisas para chamar de minhas ele destruía sonhos, esperanças e lembranças. Mesmo com vontade de me esconder em um buraco, hoje acordei novamente as 04:40 sai de casa as 5:10 e estou aqui no trabalho, e tentando acreditar e ter espereanças que a humanidade não esta perdida.

Um comentário:

Ana Monalisa disse...

Sei exatamente o que é isso......... E imagino o quanto isso doeu em vc!

Mas com certeza o que vc tem bastante e nunca vai perder é a sua esperança!!!!